ETAPAS DA HÉRNIA DISCAL

ETAPAS DA HÉRNIA DISCAL

Degeneração discal – à semelhança do que acontece no nosso corpo, os discos intervertebrais também envelhecem, perdendo hidratação, consistência e altura;

Protusão – a protusão discal é uma distensão (rompimento) do anel fibroso que envolve os discos intervertebrais;

Hérnia discal – caracteriza-se por um abaulamento do disco intervertebral, podendo provocar dor, sensação de ardor ou dormência;

Redução do espessamento – entre as vértebras existem aberturas, através das quais passam as raízes dos nervosas, chamadas forames. A redução destes espaços é uma das causas das dores sentidas na coluna;

Degeneração discal com formação de osteófitos – a degeneração discal, pode fazer-se acompanhar de formação dos popularmente conhecidos “bicos-de-papagaio”. Nada mais é do que expansões ósseas em forma de gancho que surgem pela coluna.

Em situação de dor na coluna, existem terapias e massagens para o alívio da sintomatologia que permitirão, dependendo de cada caso, alguma qualidade de vida. De qualquer forma, não dispensa consulta com o seu médico.

Comparação entre disco normal e hérnia

Deixe uma resposta